As maiores quedas do Ibovespa e o “efeito manada”

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

O Ibovespa, principal índice de ações da B3, segue patinando em 2021, com boa parte dos papéis registrando queda no acumulado do ano. Um levantamento realizado por Richard Rytenband, economista e CEO da Convex Research, mostra que algumas ações do índice que caíram mais de 70% em dólares desde o dia 1º de janeiro.

É o caso dos papéis da Magazine Luiza, que desabaram 79% (em US$) desde o começo do ano. A segunda colocação entre as maiores perdas do índice ficou com os papéis da Via, que cederam 72,07%, seguidas pelas ações da Americanas, que recuaram 67,90% (todas em US$).

Apesar da tendência geral de queda do mercado acionário, é visível que as ações das grandes varejistas ligadas ao e-commerce sofreram ainda mais do que a média neste ano. A desaceleração da economia, o aumento da inflação e a redução do consumo são apontados como alguns dos fatores que levaram estes papéis ao desempenho sofrível no ano.

Além disso, estes papéis registraram alta significativa recentemente e alguns eram considerados “queridinhos” dos analistas e do público em geral.

“O que chama atenção é que a maioria delas, até pouco tempo atrás, eram praticamente uma unanimidade, quanto a recomendação de compra. Mais um exemplo, dos perigos de se contaminar por movimentos de manada e isto vale para qualquer classe de ativos, não somente ações”, afirma Rytenband.

No caso da Magazine Luiza, por exemplo, houve uma valorização de mais de 100% em pouco mais de seis meses no ano passado. Com isso, muitos investidores foram atraídos para o papel, achando que os ganhos continuariam e se estenderiam para este ano.

No entanto, aconteceu o movimento oposto e quem investiu nos papéis da varejista este ano perdeu uma boa parte do valor aplicado.

A verdade é que investir em determinado ativo apenas porque muitas pessoas estão indo nesta direção é um dos erros mais comuns dos investidores e pode causar perdas dolorosas. Exemplos disso não faltam.

Este comportamento de seguir outros investidores sem saber o motivo é conhecido como Efeito Manada. O nome vem do movimento dos animais, que costumam correr na mesma direção quando um dos integrantes do grupo sai em disparada.

“Assim como o indivíduo na multidão pode perder sua consciência individual em detrimento a coletiva, o investidor sob efeito da manada abre mão de suas próprias análises e passa a ignorar os sinais em prol de seguir uma tendência de momento, desprezando qualquer gerenciamento de risco”, alerta Rytenband.

Para evitar cair neste tipo de situação, é importante resistir ao apelo de popularidade, que pode levar ao excesso otimismo e provocar aquele famoso pensamento: “se todos estão lucrando com isso, eu também posso”.

Em vez disso, passe a observar os sinais dos ativos e da economia e tome as suas decisões baseadas em fundamentos sólidos. Dessa forma, você irá se proteger das perdas e terá ganhos consistentes ao longo do tempo.

Veja as maiores quedas do Ibovespa deste ano:

ibvv small

Receba nossa

Newsletter

Novidades e informações importantes sobre a Convex

Relacionados

Preserve o Seu Patrimônio

Seja um Assinante Convex

Entre em contato para saber mais sobre nossas soluções e ferramentas para que você se torne um investidor global.